Sábado, 22 Outubro 2016 22:37

O que são os gametas?

Escrito por
Avalie este item
(1 Votar)

 

 

genética humana gametas

 

O estudo da genética é uma importante área para a psicologia. Podemos nos deparar com pessoas, seja no consultório ou em outra área que o psicólogo atue, apresentando algum  sintoma de uma doença e precisamos estar preparados para saber como chegar nesse paciênte. Para tal, temos que estudar algumas doenças, como elas se apresentam, como elas podem afetar as pessoas, para que de posse dessas informações possamos orienta-las e/ou encaminha-las ao profissional competente. E para isso precisamos entender como o corpo funciona, desde a sua concepção até uma expressiva maturação corporal. Só assim saberemos como ele interage com o meio e quais as suas limitações.

Decidi, então, produzir essa série de artigos abordando os processos gênicos de maturação do ser humano como plano de fundo para futuros artigos, que abordarão algumas doenças. Por isso, nada melhor que começar estudando a concepção. Entender como funciona a união dos gametas e como eles podem produzir um zigoto. Como que esse processo ímpar da vida é tão determinante para o futuro do ser. Confira.

 

O que são gametas?

óvulo espermatozoide gameta maculino feminino genética humana

 

Os gametas são as células sexuais masculina e feminina (óvulo e espermatozoide). Cada gameta possui apenas 23 cromossomos pois são criados por meiose, herdando apenas uma fita cromossômica da pessoa da qual ela pertença. Na união do espermatozoide com o óvulo é gerado o zigoto, que conterá 46 cromossomos, sendo 23 masculinos e 23 femininos, formando 22 pares de autossomos e um par de cromossomo sexual. Esses vinte e dois pares são cromossomos que carregam genes que não estão relacionados à expressão sexual, e o último par, o 23º, é o cromossomo sexual que determina o sexo: sendo XX na mulher saudavel, e XY no homem saudavel. E é o zigoto que se transformará em um embrião.

 

 

fecundação espermatozide ovulo genetica humana

A título de curiosidade, no nascimento acredita-se que a mulher possua cerca de 2 milhões de óvulos imaturos em seus dois ovários. Na mulher sexualmente madura, acontece a ovulação, que é a ruptura de um folículo maduro de um dos ovários e a expulsão do óvulo, e ocorre (aproximadamente) a cada vinte e oito dias, até a menopausa. Após o óvulo ser expelido, ele é arrastado ao longo de uma das tubas uterinas pelos cílios em direção ao útero. Já nos homens, os espermatozoides são produzidos nos testiculos (glandula reprodutora) em uma taxa de milhões por dia, e são ejaculados no sêmen durante o ato sexual. Quando depositados na vagina, eles tentam nadar ao longo da cérvix, o colo do útero, até as tubas uterinas.

 

É importante ressaltar que é através desse processo que o novo ser humano herdará genes saúdaveis, ou não, dos genitores. Esse processo deve ficar claro, pois é atraves dele que a criança herda os traços que vão influência-la o restante da vida.

Ler 1063 vezes Última modificação em Terça, 27 Dezembro 2016 11:01
Gabriel M.

Criador do Blog PsicoLógos, discente do Curso de Formação de Psicologo pela Universidade Paulista e um completo apaixonado pelos fenômenos humanos. Acredita na promoção da igualdade através da aceitação das diferenças que tanto nos tornam especiais.

www.blogpsicologos.com.br | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Mais nesta categoria: DNA, RNA e Síntese Proteica »