Terça, 31 Janeiro 2017 19:02

DNA, RNA e Síntese Proteica

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

 

DNA RNA SINTESE PROTEICA PSICOLOGIA GENETICA HUMANA

Hoje trago para vocês mais um artigo de Genética Humana. Falaremos sobre DNA, RNA e Síntese Proteica.

Lembro-me que estudei "Genética Humana" no segundo semestre da faculdade e essa disciplina foi muito legal, confesso que estudar doenças genéticas não é a melhor coisa do mundo mas saber quais os aspectos e limitações de pessoas que sofrem daquela doença nos ajuda a melhor entende-la e nos facilita em promover uma melhora no quadro psicológico. Mas esses temas ficarão para um próximo artigo, hoje trarei apenas um resumo do tema proposto para auxiliar você com os estudos. Comecemos:

 

 

DNA:

gif dna genetica humana psicologiaO deoxyribonucleic acid (Ácido desoxirribonucleico ADN, em português), mais conhecido como DNA, é formado por uma fita dupla e contêm as instruções genéticas que coordenam todo o desenvolvimento e funcionamento dos seres vivos (inclusive alguns vírus). O DNA também é responsável pela transmissão das características hereditárias de cada ser vivo. Sua principal função é armazenar as informações necessárias para a construção das proteínas de RNA, sendo essa última responsável pela síntese de proteína da célula (RNA, veja adiante).

 

Características do DNA: 

  • É formado por dois filamentos, que são invertidos. Um dos filamentos segue em um sentido ↑ e o outro filamento segue em sentido oposto ↓ .
  • A replicação do DNA é considerado o principal disparador mitótico, indispensável para que a célula entre em mitose.
  • É composto por Adenina, Timina, Citosina e Guanina. A, T, C, G.
  • O DNA é constituído por açúcar (desoxirribose), fosfato (ácido fosfórico) e uma base nitrogenada (A, T, C, G).
  • O DNA é encontrado no núcleo da célula, nas mitocôndrias e nos cloroplastos.

 

RNA:

 O ácido ribonucleico, do inglês ribonucleic acid (RNA), é o responsável pela síntese de proteína da célula. Representa um material genético de informações que precisam ser traduzidas em proteínas. O DNA passa por uma molécula de RNA que, por sua vez, irá orientar a síntese de proteínas. Podemos dizer que as informações codificadas no DNA são transcritas em RNa para que as proteínas possam ser sintetizadas, ou seja, o RNA copia um trecho responsável pela formação de uma proteína dentro do DNA e leva esse trecho copiado para fora do núcleo da célula, onde serão empregados os aminoácidos necessários para a formação da nova proteína.

 O RNA é constituído por nucleotídeos, que são polímeros constituídos de uma molécula de açúcar (ribose), um fosfato (acido fosfórico) e uma base nitrogenada.

Um ponto importante que devemos ressaltar é: O RNA possui uma base nitrogenada,  essas bases podem ser tanto púricas quanto pirimídicas, sendo que as púricas são as mesmas encontradas no DNA (Guanina e Adenina) e nas pirimídicas apenas a Citosina é pareada. Como o DNA possui Timina, o RNA irá utilizar no lugar a Uracila pois não tem a timina em sua constituição. Decore isso, porque tenho certeza que cairá nas provas. Lembre-se: o RNA sempre utilizará o no lugar do T.

 

Classes de RNA:

  • Mensageiro: Atua conjuntamente com o ribossomo na síntese da proteína, é o responsável por levar o código a ser traduzido para fora do núcleo da célula.
  • Ribossômico: Está relacionado a síntese de proteína, é o responsável por ler o código copiado pelo RNA no núcleo da célula e agregar os aminoácidos necessários.
  • Transportador: É o encarregado de transportar os aminoácidos que serão utilizados na síntese de proteínas.

 

 DNA RNA Genetica humana psicologia

Síntese Proteica:

 Síntese proteica nada mais é que a produção de proteína, sendo que a proteína faz parte da formação das células. Existem três fases na síntese proteica, são elas: Transcrição, Ativação e Tradução.

 

Fases da Síntese Proteica:

  • Transcrição: É quando o RNA Mensageiro (mRNA) lê o gene de um DNA no núcleo da célula, nesse momento a dupla hélice do DNA é separada por uma enzima (helicase) e começa o pareamento das bases nitrogenadas. Após a Transcrição a dupla hélice do DNA se junta novamente. No final do processo temos um mRNA, constituído pelas sequências que codificam os aminoácidos de uma proteína, que será levado para fora do núcleo da célula, o citoplasma.
  • Ativação:  É a fase que o RNA Transportador (tRNA) leva os aminoácidos dispersos no citoplasma para a síntese de proteína junto aos ribossomos.
  • Tradução: Ocorre no citoplasma (fora do núcleo da célula), compõe a segunda parte da síntese proteica. É nessa fase que a mensagem contida no mRNA é decodificada no ribossomo, e durante esse processo o tRNA traz os aminoácidos para compor a nova proteína.

Espero que esse pequeno resumo o ajude com os estudos, não me aprofundei muito nos temas proposto porque ficaria grande de mais o artigo e fugiria do resumo. Caso queira se aprofundar no tema, recomendo esse livro: 

 Otto, Paulo Alberto. Genética Médica. Editora Roca (Edº mais atualizada possível).

 

Ler 678 vezes Última modificação em Quinta, 02 Fevereiro 2017 12:40
Gabriel M.

Criador do Blog PsicoLógos, discente do Curso de Formação de Psicologo pela Universidade Paulista e um completo apaixonado pelos fenômenos humanos. Acredita na promoção da igualdade através da aceitação das diferenças que tanto nos tornam especiais.

www.blogpsicologos.com.br | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.