Quinta, 02 Fevereiro 2017 14:21

Felicidade: Abandone o hábito da infelicidade

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

como ser feliz busca felicidade

 

 A vida é um turbilhão de emoções e experiências que, sem perguntar se queremos, nos empurra para o convívio do dia a dia forçando-nos a lutar contra os nossos monstros interiores. Vivemos em um mundo repleto de ambição, ódio, desespero, que por muitas vezes turva nossos olhos ante a vida e esquecemos de nós mesmos nessa torpe torrente.

 Acredito que todos nós, se fecharmos o olhos, podemos lembrar da aurora da nossa infância quando tínhamos expectativas e sonhos de um futuro tão distante que fazia com que tornassemos pequenos exploradores destemidos e o mundo - que doce mundo - era apenas o quintal de casa. Seria um tolo, eu, se generalizasse ao ponto de ignorar as situações difíceis que acontecem em nossas vidas ainda na infância, para alguns de forma tênue mas para outros de forma muito mais negativa. Não, não posso me esquecer dos infinitos problemas que muito de nós - até hoje, na miséria da rua - passam. Mas, mesmo assim, se fecharmos os olhos lembraremos dos sonhos que despertavam as mais nobre das virtudes, em busca de um mundo melhor. É justamente essa a lembrança que busco despertar.

 

 A felicidade está intimamente ligada a forma subjetiva que vemos a vida e uma nítida definição do "o que é ser feliz" se torna vaga, sendo capaz de ser lida e compreendida apenas por aqueles que compartilham da ideia do protagonista. Nesse artigo quero que você pare por um momento, pare de viver de momento a momento e realmente pense em você, não quero lhe empurrar uma fórmula mágica da felicidade mas, juntos, iremos relembrar os pequenos momentos no coletivo que realmente dispertam lá no fundo, no âmago do nosso ser, aquela felicidade juvenil que ao perder a esperança diante das massas, mais parece como uma história tão tão distante.

 

 A felicidade está em você:

 Não devemos passar nossa vida inteira buscando a felicidade, isso é um erro. A busca pela felicidade é um grande equívoco, nunca seremos felizes buscando algo no externo porque, se pensarmos assim, a felicidade é um algo que não possuímos e devemos buscar no mundo exterior seja em forma de dinheiro, um trabalho, um relacionamento amoroso ou social, etc. Porém, se encontramos esses "ídolos" logo nos acostumamos com eles e passamos a buscar mais coisas pensando que elas, e somente elas, trarão a tão almejada felicidade. Você percebe o quão débil é essa busca? Dessa forma a felicidade nunca será encontrada. Note que essa busca se cruza com os caminhos da realização pessoal e não podemos confundir realização com felicidade.

 

 "Você nunca encontrará a felicidade porque ela já está com você, esperando para ser 'descoberta'."
(Gabriel Mazin, 2017)

 

 Lembro você que somos os únicos responsáveis pela nossa própria felicidade, não os outros. Se depositamos nossa felicidade em expectativas do comportamento de outrem nos tornamos passivos e inseguros, sempre a espera de algo para saciar nossa sede emocional, e em quase todas as vezes essas expectativas serão frustradas.

 

Como descobrir a felicidade que está em nós?

 Antes de tudo você deve redescobrir o significado da sua vida, saiba o que te motiva a querer mais e que, de alguma forma, contribua para você ser mais; encontre e faça disso uma de suas paixões. Tenha em mente que se podemos ver o defeito no outro, provavelmente também o temos, projetamos nos outros aquilo que carregamos conosco - e que não gostamos - e ao vermos isso expresso nas outras pessoas relembramos de nós e muitas vezes, por impulso, menosprezamos para não ter que lidar com os nossos próprios problemas. Então, não se leve a sério e tenha paciência com o que acontece ao seu redor. Não digo para você ser uma pessoa que aceita tudo, que leva desaforos ou que seja a representação do próprio nirvana na terra; quero apenas que você pense, lide com a situação de forma consciente e não impulsiva. Não se cobre a perfeição, mas se cobre a melhor postura que você pode ter em um determinado momento, tenho certeza que se sairá bem.

 Seja humano: chore, ria, festeje, se decepcione, ame, se apaixone. Lembre-se que você nunca estará feliz 100% do dia, a felicidade - como dito no início do artigo - é momentânea e não constante, mas podemos tornar os momentos mais felizes e plenos. Haverá dificuldade sim, é a vida, mas mostre para os problemas que você é capaz. Resolva-os de forma consciente e não impulsiva.

 Eu poderia passar anos e anos escrevendo um livro ensinado a como ser feliz, mas seria infrutífero os resultados. Somos pessoas únicas, a nossa subjetividade muitas vezes é um mistério para nós mesmos. A felicidade está em você, então somente você saberá como cultiva-la porque é você o detentor das ferramentas necessárias para isso. Tenha alegria em viver, faça o que te faz feliz mesmo que seja lendo um livro com uma boa xicara de café ou ouvir o som dos pássaros pela manhã. Goze das pequenas coisas, são elas que nos sustentam e impulsionam para frente.

 

  • Valorize-se, se interiorize mais e busque as respostas em você.

 

Eu acredito em um mundo onde as pessoas possam relembrar que são boas, que são capazes das atitudes mais nobres e é isso que falta para nosso mundo. Eu acredito que você possa ser gentil, que possa ser bom. Acredito que você pode reencontrar a esperança juvenil, encontrar os motivos para ser feliz novamente. Por que você não iria acreditar?

Desperte em você aquela criança que tanto luta para se desprender das amarras que o convívio social tão precário colocou, coisas boas e ruins existem e isso faz parte da vida mas valorize as boas, exalte-as; mas não faça isso com as ruins, apenas melhore o que não for bom. Mude a sua realidade, olhe para sua família com outros olhos, seja alguém diferente no seu trabalho. Não passe como um robô pelas pessoas na rua, sinta-as; cada pessoa é uma história única. Traga para si as coisas que te fazem feliz, conviva com pessoas de sorrisos fáceis que pensem igual você, o azedume é contagioso e dispensável.

 

Questione-se, sempre! "Isso é o melhor para mim?"; "É isso que eu realmente quero para minha vida?", caso não for: "como posso mudar essa situação?". A felicidade é construída dia após dia, tenho certeza que você é capaz de ser feliz.

 

 

 Antes de finalizar que tal se increver na nossa lista de email?. Semanalmente você receberá um email com as nossas novidades. É rápidinho, sua ajuda é muito valiosa.

Assine nossa Newsletter:

Receba semanalmente, por email, nossos novos artigos.

 

 

Compartilhe nas redes sociais. Comente aqui na página e passe as suas experiências, gostaríamos de escuta-las. Até a próxima!

Ler 122 vezes Última modificação em Segunda, 06 Fevereiro 2017 22:18
Gabriel M.

Criador do Blog PsicoLógos, discente do Curso de Formação de Psicologo pela Universidade Paulista e um completo apaixonado pelos fenômenos humanos. Acredita na promoção da igualdade através da aceitação das diferenças que tanto nos tornam especiais.

www.blogpsicologos.com.br | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.